Escolha uma Página
Erick e o jardim

Erick e o jardim

Nosso amigo Erick adora aprender com o jardim. Não que seja ruim aprender com os outros, obter novas informações e ensinamentos, mas parece que também é possível aprender com o silêncio das plantas. 5 de abril de 2020 Olhando para o jardim iluminado pelo sol do...

Erick e o tudo e o nada

Um texto na madrugada… sobre um pouco de tudo. 8 de março de 2020 Poderia uma pessoa se sentir um nada? Não, acho que seria tão impossível quanto se sentir um tudo. Um dia vou escrever um livro sobre como tudo começou do nada, pensou Erick, enquanto escolhia no...

Prazeres possíveis

O homem na idade produtiva, Aprende a se satisfazer com pouco. Um domingo trivial. Xícara de café sorvida sem pressa. Um béqui que se esvai lentamente. O silêncio incomum da rua para uma manhã. O sabor da solidão no...

Flavita

Há tempos esta história estava na minha cabeça, esperando para ser escrita.  É um história real, infelizmente. Não de todo. Tampouco minha memória é confiável. Mas há algo que eu sinto bem real: uma sensação de remorso. Eu nunca fui o cara do bullying, pelo contrário....

Vinho

Vem de repente à minha boca a saudade do seu beijo. voltar para o índice próxima...
Cabresto

Cabresto

Não me peça freio O meu caminho eu abri a dentadas rasgando panos, cordas e travesseiros! E quem, agora, terá a audácia de me dizer: — Calma aí, não é bem assim… voltar para o índice próxima...

Índice

Vinho Vem de repente à minha boca a saudade do seu beijo. Cabresto Não me peça freio O meu caminho eu abri a dentadas rasgando panos,... Índice Prefácio Estes poemas foram agrupados neste livro para que eu me livrasse... Guerras Contidas – capa Guerras Contidas...
Cabresto

Prefácio

Estes poemas foram agrupados neste livro para que eu me livrasse deles. Não suporto mais estas presenças incômodas, os eternos “reescrever”. São como filhos na idade de sair de casa. Deixo-os partir com alívio e com orgulho e também com medo. Sempre terei...